Posts Recentes
Posts Em Destaque

Patyenses buscam mobilização por restauração da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

• Como medida extrema, grupo pensa até em pedir o destombamento

Um grupo de patyenses se reuniu em maio, na Casa Paroquial na quinta 18 de maio, para definir ações em busca da realização de obras de recuperação e restauração da Igreja Matriz de Nossa Conceição. Construída no século XIX, o imóvel é o único tombado pelo Iphan no município. Para o padre Welder, pároco da Matriz, é importante a população “não só abraçar a obra, mas olhar por ela, acompanhar”.


O sino da Igreja já não badala, por conta do risco à estrutura do prédio. “A população precisa chegar junto. Ou o povo escuta o silêncio do sino ou ele virá ao chão”, afirmou o pároco. A reunião foi marcada por críticas à atuação do Iphan. “A construção tem risco iminente de queda de partes de sua estrutura, oferecendo risco para a população. Os problemas vêm sendo comunicados ao Iphan, uma vez que a igreja é tombada, mas nenhuma providência foi tomada até o momento. Em fevereiro, técnicos do instituto prometeram apresentar um laudo sobre a situação da igreja em dez dias, mas até hoje esse laudo não foi apresentado”. Um dos presentes lembrou que o primeiro passo para proteger a construção, que é de pau a pique, é consertar o telhado para evitar vazamentos que podem comprometer seriamente a estruturada construção que, por suas características, não pode sofrer umidade. No encontro, críticas foram feitas à uma empresa que teria realizado um serviço mal feito no telhado.O grupo decidiu tomar uma série de medidas a serem encaminhadas à comissão do Patrimônio Histórico de Paty do Alferes, criada este ano:elaboração de uma carta aberta ao Iphan; ação junto ao Ministério Público apontando os riscos para a população que se utilizada igreja; questionar o departamento jurídico da Prefeitura a respeito de providências contra a empresa que realizou a última obra no telhado do prédio; alem de elaborar um abaixo-assinado para ser encaminhado ao Iphan e à Prefeitura destacando a preocupação da população com o estado da igreja.O grupo avalia, “como medida extrema”, convocara Comissão de Defesa do Patrimônio Histórico de Paty para pedir o destombamento da igreja.Por conta dos trâmites internos no Iphan,a reportagem não conseguiu uma entrevista oficial com o órgão. Pelo que pôde apurar, no entanto, o laudo a respeito da Matriz de Paty do Alferes foi concluído e encaminhado à superintendência, no Rio de Janeiro. A última obra realizada foi contratada pela Prefeitura, através de uma licitação pública e o último projeto de restauro,não aprovado pelo órgão,data de 2005. De lá para cá, o Iphan não emitiu parecer sobre nenhum parecer sobre projetos de restauro da Matriz. A Igreja pode contratar e apresentar proposta de restauro que,sendo viável, pode sera provada pelo órgão. É oque vem sendo feito no caso da Catedral de Sant´Anna,em Barra do Piraí, e com a Matriz de Vassouras.Câmara – O sobrado que durante anos abrigou a Câmara Municipal também ameaça ruir em Paty do Alferes. Os vereadores já abandonaram o prédio e vêm realizando as sessões em um imóvel alugado. A informação éque o Legislativo estuda a sua devolução à Prefeitura.O imóvel, comprado pelo município para abrigaras sessões no primeiro mandato de Eurico Pinheiro Bernardes Júnior,não é tombado pelo Iphan.


Siga
Nenhum tag.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

TRIBUNA DO INTERIOR EDITORA LTDA. Registro  Estadual nº 3320598969-9

Inscrição Municipal nº 6813 L 115 - CNPJ 02.528.144/0001-40

Registro na ADJORI – RJ 78 

Redação, Administração e Oficinas – Rua Profº Marcelo de Alcântara Pinto, 173,

Telefone: (24) 2471-7822

Parque J.K., Vassouras - RJ - CEP 27.700-000

Contador de acessos