Posts Recentes
Posts Em Destaque

Vassourense que representou o Rio como jovem senador se despediu de Brasília com um ‘até breve’

• Leonardo Coelho sonha com curso de Direito na UFJF e com carreira política

Leonardo da Silva Coelho tem 18 anos. Terminou neste ano letivo o 3º ano do Ensino Médio no Ciep Padre Salésio Schimid. No dia a dia, ajuda a mãe no balcão do mercadinho da família, na Residência. Passou a semana passada em Brasília. Não foi uma viagem qualquer. Leonardo foi selecionado, com outros 26 estudantes, pelo Programa Jovem Senador. Entre 190 mil redações inscritas em todo o país, 27 foram escolhidas. Seus autores foram a Brasília representar o seu estado. O tema da redação? A Constituição Cidadã 30 anos depois. Leonardo contou com a orientação do professor de História Gustavo do Vale Gomes, que o acompanhou em Brasília. Na capital federal, ele pôde conhecer o cotidiano do Senado e participar da elaboração de três novos projetos. Leonardo escreveu sobre “Justiça e Liberdade”. “Escolhi esse tema que fala de igualdade pensando que a gente vive em uma sociedade onde, diante da Lei, somos todos iguais”. Filho da professora Roselene Teixeira da Silva Coelho e do servidor da Cedae Gilson Gomes Coelho, Leonardo já passou por outros parlamentos jovens. Em Vassouras, foi vereador juvenil, eleito em 2015 ainda como aluno do Colégio dos Santos Anjos. Foi reeleito no ano seguinte, já no Ciep. Em março deste ano, tomou posse como deputado juvenil, na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. No Distrito Federal, garante ter vivido uma “experiência única”. “Foi marcante estar no centro das decisões do país. Uma experiência única. Deu para entender que quem toca o parlamento são os consultores, servidores concursados do Poder Legislativo”. Aos 18 anos, Ensino Médio terminado, Leonardo sonha com o curso de Direito na Universidade Federal de Juiz de Fora. Participará, em breve, do processo seletivo. Em novembro, fez as provas do Enem. A ideia é estudar e se qualificar para fazer o debate político e ocupar cargos eletivos. Em sua atuação como jovem senador, Leonardo mostrou personalidade. Participou com desenvoltura dos debates em meio a colegas com articulação superior a de muito parlamento adulto. No curto tempo em que pôde discursar na palavra livre, saudou a escola, o antigo colégio, o professor orientador e a cidade. Agradeceu a oportunidade na Câmara Jovem e no Parlamento Juvenil da Alerj. Sem deixar de fazer a crítica que considerou pertinente. Ao vivo para todo o país pela TV Senado questionou o fim da Câmara Jovem em Vassouras. Para o jovem senador, os vereadores teriam acabado com a iniciativa por conta da aprovação, pelos vereadores jovens, de um projeto de sua autoria que previa a realização de um curso de qualificação para os vereadores eleitos. Para Leonardo, muita gente se elege sem ter a menor ideia do que representa o trabalho parlamentar. “Ao invés de investirem na capacitação, eles preferiram calar a Câmara Jovem”. Ao final do discurso, Leonardo se despediu de Brasília com um “até breve”. Que ninguém duvide do rapaz.

Siga
Nenhum tag.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

TRIBUNA DO INTERIOR EDITORA LTDA. Registro  Estadual nº 3320598969-9

Inscrição Municipal nº 6813 L 115 - CNPJ 02.528.144/0001-40

Registro na ADJORI – RJ 78 

Redação, Administração e Oficinas – Rua Profº Marcelo de Alcântara Pinto, 173,

Telefone: (24) 2471-7822

Parque J.K., Vassouras - RJ - CEP 27.700-000

Contador de acessos