Posts Recentes
Posts Em Destaque

Parque Hotel Santa Amália: meio século de uma empresa familiar que segue crescendo


Como não poderia deixar de ser, o Parque Hotel Santa Amália comemorou em grande estilo o seu aniversário de 50 anos. A celebração começou na sexta-feira, 31 de maio, com a Festa Junina tradicional, que há quase 30 anos encanta os hóspedes do hotel. No sábado, dia 1º, um coquetel de altíssimo nível, preparado pela Chef Ana Roldão e um baile com a Banda Alecrim deram o tom das comemorações. No domingo, 2, uma Missa de Ação de Graças pelos 50 anos foi celebrada pelo padre José Antônio da Silva, na Matriz de Nossa Senhora da Conceição. A missa contou com a presença de familiares e cerca de 30 hóspedes. Na quarta, 5, uma nova celebração, desta vez na Capela de Santa Amália, ao lado do hotel, com funcionários e comunidade do bairro, com bolo, caldo e canjica. A d m i n i s t r a d o pela família Furtado desde 1969, o hotel não parou de crescer desde sua fundação. O pioneiro no negócio foi Sebastião Furtado, o Tatão, que hoje dá nome à rua onde o hotel está instalado. Se visse o hotel hoje, Tatão, que abriu o empreendimento com o apoio dos amigos Inácio Simões e Gérson Tambasco, se orgulharia do trabalho de sua prole. Inaugurado com 12 quartos, hoje o Santa Amália conta com 57 modernos apartamentos, dois salões de convenções, uma piscina ampla e ar-condicionado em todas as suas instalações. Até por isso, o Santa Amália conta com certificação do Sebrae e uma clientela fiel. Em seu discurso, Ana Lucia Furtado agradeceu o apoio da família na construção do sonho do pai e ressaltou o perfil dos hóspedes. “Os hóspedes do Santa Amália criam um elo conosco, formam uma família”. Ana Lucia não exagerou. Em sua maioria cariocas, os hóspedes costumam vir a Vassouras nas férias, em feriados prolongados ou em simples finais de semana. E participam das atividades criadas pelo hotel, como a Festa Junina de quase 30 anos, o bloco Cacique do Santa Amália, que desfila pelas ruas da Cidade no Carnaval, e de festas temáticas, como a Cigana, que acontece em maio e setembro, a Espanhola e a Italiana. Não são poucos os hóspedes que conheceram Vassouras por conta do hotel e hoje estão radicados no município – sem deixar de frequentar o Santa Amália. Hoje, o hotel se utiliza do conceito Day Use e está de portas abertas aos moradores de Vassouras, que nos finais de semana podem aproveitar a maravilhosa cozinha do hotel, além de participar das festas promovidas por lá. Ao longo da história, a família se revezou na administração do hotel. Cesar e Chico chegaram a auxiliar o pai, mais tarde Rosa e Ana Lucia também foram encarregados da tarefa. Daniela Furtado, filha de Rosa, assumiu a administração ao lado da mãe quando Ana Lucia assumiu a Secretaria Municipal de Turismo. Hoje, outro membro da terceira geração da família atua na gestão do Santa Amália: Carlos Henrique Furtado, irmão de Daniela, atua com a tia na administração da empresa da família. Aos 50 anos, o hotel segue projetando o futuro, mirando no conforto de seus hóspedes. O próximo passo, anunciou Ana Lucia Furtado durante a comemoração do aniversário, é investir em uma nova piscina, aquecida.

Siga
Nenhum tag.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

TRIBUNA DO INTERIOR EDITORA LTDA. Registro  Estadual nº 3320598969-9

Inscrição Municipal nº 6813 L 115 - CNPJ 02.528.144/0001-40

Registro na ADJORI – RJ 78 

Redação, Administração e Oficinas – Rua Profº Marcelo de Alcântara Pinto, 173,

Telefone: (24) 2471-7822

Parque J.K., Vassouras - RJ - CEP 27.700-000

Contador de acessos