Posts Recentes
Posts Em Destaque

Em pior momento da pandemia, casos confirmados em Vassouras chegam a 41

Cento e dezenove casos seguem em análise; especialistas falam em lockdown, enquanto presidente quer volta ao trabalho

Quase três meses depois do início do isolamento social a partir da declaração da OMS de que o planeta enfrenta uma pandemia, Vassouras enfrenta o seu pior momento no combate à doença que, até o fechamento desta edição, já havia matado mais de 25 mil brasileiros. O município, que durante o início do isolamento, demorou para confirmar o seu primeiro caso, viu a marca chegar a 41 notificados oficialmente esta semana. Segundo especialistas, como o país sofre com uma enorme subnotificação, o número de contaminados pode ser até onze vezes maior que o oficial. O país é um dos que menos realizam testes entre os seus habitantes em todo o planeta.

E os números crescem na exata medida em que o isolamento social diminui. Com ruas cada vez mais movimentadas, Vassouras vê a confirmação de casos aumentar. Fenômeno que acontece nos municípios vizinhos e em todo o Estado do Rio de Janeiro. Estudos da Fiocruz e da Universidade Federal do Rio de Janeiro falam em lockdown, o termo em inglês para a paralisação total do estado. Ministério Público e Judiciário discutem as medidas, enquanto, em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro segue liderando a campanha pela reabertura da economia.

Diferente de outros países, no Brasil não há unidade no discurso das autoridades quanto à pandemia. Enquanto isso, a região segue enterrando os seus mortos. Durante a semana, Barra do Piraí confirmou a décima sexta vítima fatal da doença. Especialistas em Saúde alertam para a proximidade do colapso do sistema de saúde no estado, com o alto percentual de ocupação dos leitos de isolamento e CTI para pacientes de Covid-19 nas redes pública e privada.

Semana passada, Vassouras chorou a morte de um personagem controverso e querido. Com problemas cardíacos, o empresário Paulo Roberto Arbex, o Pupu, não resistiu ao novo coronavírus e morreu na noite da sexta-feira, 22, no Hospital Universitário de Vassouras, aos 53 anos. A ex-vereadora Grace Medeiros homenageou o amigo em seu perfil em uma rede social. “Tantos momentos maravilhosos tivemos desde criança, meu amigo de todas as horas. Como dói não poder me despedir de você”. Enterrado sem velório no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, Pupu foi homenageado com uma salva de palmas quando o cortejo passou na Rua Caetano Furquim, que há décadas o tinha como um de seus principais personagens. O carro com o corpo de Pupu foi aplaudido em frente à galeria que leva o seu nome e liga a Caetano Furquim a Broadway.

Até o fechamento desta edição, Vassouras tinha 41 casos confirmados, com dez vassourenses internados e outros quatro em isolamento, além dos cinco óbitos. Dos 119 casos em análise, dezesseis estavam internados e 103 em isolamento domiciliar. Esses números foram divulgados pela Prefeitura na noite da terça-feira, dia 26. Os números são atualizados diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde no site vassourascontraocorona.com.br .

Siga
Nenhum tag.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

TRIBUNA DO INTERIOR EDITORA LTDA. Registro  Estadual nº 3320598969-9

Inscrição Municipal nº 6813 L 115 - CNPJ 02.528.144/0001-40

Registro na ADJORI – RJ 78 

Redação, Administração e Oficinas – Rua Profº Marcelo de Alcântara Pinto, 173,

Telefone: (24) 2471-7822

Parque J.K., Vassouras - RJ - CEP 27.700-000

Contador de acessos